Caso de doping pode ajudar Robson Caetano

O brasileiro Robson Caetano da Silva poderia ter subido ao pódio nas provas dos 100 e 200 metros dos Jogos Olímpicos de Seul, em 1988. Isso porque os medalhistas das duas provas estão sob suspeita de terem usado substâncias dopantes (Carl Lewis e Linford Christie), segundo denúncia de Wade Exum, diretor de controles antidoping do Comitê Olímpico dos Estados Unidos. Suas denúncias foram publicadas na revista Sports Ilustrated. Exum sustenta que entre 1991 e 2000, mais de 100 atletas americanos foram pegos nos exames antidoping e tiveram os casos abafados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.