Castro é 7.º no Mundial de Aquáticos

O brasileiro César Castro ficou com a sétima posição no trampolim de 3 metros, nesta terça-feira, na prova dos saltos ornamentais do Mundial de Desportos Aquáticos, em Montreal (CAN). César somou 681,69 pontos nos saltos que executou na final. O ídolo local, o canadense Alexandre Despatie (813,60 pontos), medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Atenas (2004), ficou com o ouro, à frente do norte-americano Troy Dumais (752,76) e do chinês He Chong (730,77).César Castro ficou em oitavo nas semifinais, caindo duas posições em relação às eliminatórias (6.º). Garantiu vaga entre os 12 finalistas. Somando os pontos da primeira etapa com as notas recebidas na semifinal, Castro totalizou 657,06. Alexandre Despatie ficou em primeiro (765,03). Os saltadores entram na final com zero.Dick Pound, presidente da Agência Mundial Antidoping, informou que nenhum caso de doping foi detectado nos exames feitos antes do Mundial. Segundo o médico brasileiro Eduardo De Rose, observador da Wada, ainda não há um método seguro para detectar o hormônio de crescimento, única porta aberta para o doping no Mundial.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.