Catalães voltam sem festa e treinam para a Copa do Rei

Apenas sete jogadores ganharam férias após a conquista mundial; time já começa os trabalhos para o jogo de quinta

BARCELONA, O Estado de S.Paulo

20 de dezembro de 2011 | 03h05

Fosse o Santos campeão, a cidade pararia hoje no desembarque do time. Passeata em carro de bombeiro pelas ruas da Baixada Santista, buzinaço e milhares de gente em euforia com os jogadores campeões. Sem contar a festa para receber a equipe no aeroporto. O cenário imaginado, no entanto, está longe de ser aquele da chegada do Barcelona à Espanha. Festa? Que nada. As comemorações ficaram lá no continente asiático.

Não teve gente nas ruas para festejar o bi mundial do Barça - o time venceu também em 2009, contra o Estudiantes - nem fãs se acotovelando no aeroporto para ver os craques do time. Após nove dias longe de casa, a equipe voltou às 18h locais de ontem (15h do Brasil) com o título mundial na mala e com o pensamento no jogo de quinta-feira.

Daqui a dois dias, o melhor do mundo enfrenta o L'Hospitalet, no Camp Nou, pela Copa do Rei. E na noite de hoje já tem treino.

Mas a torcida que for ao estádio não verá todos os astros em ação. O técnico Pep Guardiola resolveu dar férias para alguns jogadores, com a promessa que eles se reapresentem no dia 29.

Os sortudos foram os atletas sul-americanos (os brasileiros Daniel Alves, Adriano e Maxwell, o chileno Alexis Sánchez e os argentinos Lionel Messi e Mascherano) e também o malinês Keita.

Recuperação. O atacante David Villa, que fraturou a tíbia esquerda no primeiro jogo do Barcelona no Mundial de Clubes, quinta-feira, contra o Al-Sadd, passou ontem por uma cirurgia e já se recupera bem.

O jogador nem ficou para ver a grande final, voltando para a Espanha na sexta-feira mesmo. Ele ficará internado por três ou quatro dias e deverá voltar a jogar em até cinco meses. A expectativa é que ele defenda a seleção espanhola na Eurocopa do ano que vem.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.