Cavaleiro brasileiro pode defender a Grécia

A Federação de Equitação Grega (EOI) informou nesta quarta-feira que o cavaleiro brasileiro Alvaro Affonso de Miranda Neto, o Doda, desembarcou em Atenas para acelerar os procedimentos legais em busca de sua naturalização, para poder competir pela Grécia no Mundial de Equitação.Acompanhado de sua esposa, Doda apresentou-se à sede da EOI, onde entregou um requerimento para naturalizar-se grego. Mas, a Federação só emitirá a resposta sobre o pedido no final desta semana.Doda, medalha de bronze no salto de obstáculos dos Jogos Olímpicos de Sydney em 2002, "tem como objetivo imediato participar, defendendo as cores da Grécia, do Campeonato Mundial de Equitação, que acontecerá na Alemanha, em setembro", explicou a EOI em nota.O cavaleiro pode naturalizar-se grego porque é casado com Athina Onassis, herdeira do milionário grego Aristóteles Onassis. Além de participar do Mundial de Equitação, o brasileiro também pode disputar a Olimpíada de Pequim, em 2008, pela Grécia.

Agencia Estado,

26 de abril de 2006 | 11h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.