Cavaleiro consegue embarcar animais

Depois de viver mais alguns dias de angústia, sem saber se os seus cavalos poderiam passar por Frankfurt, na Alemanha, por causa da febre aftosa, o cavaleiro Manoel Poladian Filho, de 21 anos, finalmente teve a liberação para embarcar os animais para a Europa. Manezinho será o mais jovem competidor da Copa do Mundo de Hipismo, a partir do dia 12, em Gotemburgo, na Suécia. Ele contará com a égua Pia e o cavalo Pierre, do Haras Doanjo, que serão embarcados amanhã. Como a viagem é longa, a programação inclui uma parada na Alemanha. Por causa da febre aftosa, foi preciso provar, com atestados de vacinas e cartas do veterinário responsável pelos animais, que eles estavam em São Paulo, na capital, local não atingido pela doença. Foram três dias entre o envio dos documentos e a aprovação dos veterinários da Alemanha e muita tensão até o embarque ser confirmado. Vários países europeus, como Inglaterra, França e Holanda, estão com as fronteiras fechadas para o trânsito de cavalos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.