AP
AP

Cavaleiro pentacampeão olímpico, alemão Günter Winkler morre aos 91 anos de idade

Ele é até hoje o maior vencedor do hipismo em Olimpíadas

Estadão Conteúdo

09 Julho 2018 | 08h30

Morreu nesta segunda-feira aos 91 anos de idade o cavaleiro alemão Hans Günter Winkler, dono de sete medalhas olímpicas, sendo cinco delas de ouro. A Federação Equestre Alemã emitiu comunicado para lamentar o falecimento do ex-atleta.

Winkler é até hoje o maior vencedor do hipismo em Olimpíadas. Os cinco ouros foram conquistados em 1956 (individual e por equipes), em 1960, 1964 e 1972, todas essas por equipe. Ainda faturou uma prata em 1976 e um bronze em 1968, também na competição por equipes.

"Enfrentou a vida com grande disciplina e paixão. Foi um grande esportista e também depois de seus anos em atividade fez infinitamente muito pelo nosso esporte, sobretudo na revelação de novos cavaleiros", escreveu o presidente da Federação Equestre da Alemanha, Breido Graf Zu Rantzau.

Nos Jogos Olímpicos de Montreal, em 1976, Winkler foi porta-bandeira da Alemanha. O comunicado da Federação alemã ainda disse que o cavaleiro foi uma "personalidade única não só no mundo do esporte e transmitia coragem às pessoas. Depois das conquistas sobre o cavalo durante 35 anos, Winkler abandonou as competições em 1986 e seguiu trabalhando com hipismo na Alemanha.

Mais conteúdo sobre:
hipismo Olimpíada 1960 Itália

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.