Benoit Tessier/Reuters
Benoit Tessier/Reuters

Cavendish não vai à Volta da França e adia chance de recorde de etapas vencidas

Ciclista velocista britânico, de 34 anos, possui 30 triunfos, na competição e perde para Eddy Merckx, que soma 34

Redação, Estadão Conteúdo

02 de julho de 2019 | 09h50

Mark Cavendish não terá a chance neste mês de quebrar o recorde de 34 vitórias em etapas da Volta da França de Eddy Merckx. O ciclista velocista britânico, de 34 anos, possui 30 triunfos, atrás apenas da marca do belga, mas não foi incluído nesta terça-feira na relação de participantes da edição de 2019 da prova pela sua equipe, a Dimension Data.

Cavendish não ficava fora de uma edição da Volta da França desde a sua estreia, em 2007. Mas ele não vence uma etapa desde que ganhou quatro em 2016, quando deixou Bernard Hinault para trás na lista de ganhadores - o francês possui 28 triunfos.

Considerado o melhor ciclista de velocidade da sua geração, Cavendish tem sofrido para repetir os seus melhores desempenhos desde que foi diagnosticado em 2017 com o vírus Epstein-Barr, que costuma provocar inflamações e fadiga.

Sem a presença de Cavendish, os líderes da equipe Dimension Data na Volta da França vão ser o checo Roman Kreuziger, que já terminou a prova quatro vezes entre os dez primeiros colocados, e o norueguês Edvald Boasson Hagen, que possui três triunfos em etapas da competição.

A edição de 2019 da Volta da França, a 106ª da história, se iniciará no sábado, em Bruxelas, chegando ao fim no dia 28, em Paris.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.