Benoit Tessier/Reuters
Benoit Tessier/Reuters

Cavendish não vai à Volta da França e adia chance de recorde de etapas vencidas

Ciclista velocista britânico, de 34 anos, possui 30 triunfos, na competição e perde para Eddy Merckx, que soma 34

Redação, Estadão Conteúdo

02 de julho de 2019 | 09h50

Mark Cavendish não terá a chance neste mês de quebrar o recorde de 34 vitórias em etapas da Volta da França de Eddy Merckx. O ciclista velocista britânico, de 34 anos, possui 30 triunfos, atrás apenas da marca do belga, mas não foi incluído nesta terça-feira na relação de participantes da edição de 2019 da prova pela sua equipe, a Dimension Data.

Cavendish não ficava fora de uma edição da Volta da França desde a sua estreia, em 2007. Mas ele não vence uma etapa desde que ganhou quatro em 2016, quando deixou Bernard Hinault para trás na lista de ganhadores - o francês possui 28 triunfos.

Considerado o melhor ciclista de velocidade da sua geração, Cavendish tem sofrido para repetir os seus melhores desempenhos desde que foi diagnosticado em 2017 com o vírus Epstein-Barr, que costuma provocar inflamações e fadiga.

Sem a presença de Cavendish, os líderes da equipe Dimension Data na Volta da França vão ser o checo Roman Kreuziger, que já terminou a prova quatro vezes entre os dez primeiros colocados, e o norueguês Edvald Boasson Hagen, que possui três triunfos em etapas da competição.

A edição de 2019 da Volta da França, a 106ª da história, se iniciará no sábado, em Bruxelas, chegando ao fim no dia 28, em Paris.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.