CBAt confirma novo doping e suspende atleta por 90 dias

A Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) confirmou nesta terça-feira que o atleta Marcelo Henrique Rocha foi flagrado em exame antidoping realizado em outubro, após a prova Volta das Nações, em Campo Grande (MS). Um laboratório credenciado pela Agência Mundial Antidoping (WADA), no Rio, detectou a presença das substâncias proibidas Prednisona e Prednisolona.

AE, Agência Estado

14 de dezembro de 2010 | 16h03

A CBAt informou que o atleta foi avisado sobre o doping no último dia 9 de novembro e apresentou justificativas, que não foram aceitas pela entidade, no dia 28 do mesmo mês. "Na mesma ocasião, o atleta abriu mão do exame da contraprova (amostra B) de sua urina, configurando tal resultado infração de doping, fato este comunicado ao atleta em 13 de dezembro de 2010", revelou a CBAt em um comunicado oficial.

A entidade ainda explicou que a substância encontrada no atleta é considerada "específica" dentro da lista das proibidas pela WADA e, pelo fato de esta ser a primeira infração cometida por ele, foi aplicada uma suspensão de apenas 90 dias ao corredor. Rocha ainda foi desclassificado da Volta das Nações por causa do doping.

Prednisona e Prednisolona são duas substâncias que aumentam a capacidade de armazenamento de energia no organismo e costumam ser indicadas no tratamento de traumas que envolvam dor e inflamação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.