CBAt: dirigentes passarão por recall

A Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) aprovou por unanimidade, nesta segunda-feira, a proposta da presidência de instituir o recall de seus dirigentes. Agora, dois anos após serem eleitos, devem receber a aprovação da Assembléia Geral Ordinária da entidade para permanecerem no posto. Além disso, os cargos de diretoria não poderão ser remunerados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.