CBF admite dificuldade para contar com Kaká nos Jogos de Pequim

Ainda não é oficial. Mas a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) já não conta com a presença de Kaká nos Jogos de Pequim. Em entrevista ontem no hotel onde estava hospedada a equipe de Dunga, que atuou contra a Suécia, o presidente da entidade, Ricardo Teixeira, mudou o discurso e disse que uma eventual liberação de atleta com mais de 23 anos para a Olimpíada não depende mais de suas negociações, ''e sim de uma instância superior''. Não quis dar muitos detalhes sobre a afirmação, apenas um, bastante significativo: falava do Milan.E, se a referência era ao clube italiano, estava claro que o alvo de Teixeira atende pelo nome de Kaká, o melhor do mundo em 2007 e pivô de uma situação tensa nos últimos meses, por causa da insistência do técnico Dunga de que os jogadores, se preciso for, devem ir até o presidente do clube para tentar a liberação. Kaká já disse mais de uma vez que gostaria muito de representar o País em Pequim, de 8 a 24 de agosto. No entanto, sempre fez uma ressalva: a de que não deveria se envolver na ''questão'', que seria, na sua opinião, de responsabilidade do Milan e da CBF.''De todos os clubes, o Milan deve dar realmente mais trabalho. Ainda mais se forem classificados para a repescagem da Liga dos Campeões. Mas isso também se o Dunga quiser levar alguém com mais idade do clube'', disse Teixeira, tentando disfarçar que a maior luta diplomática da CBF ultimamente parece não ter dado efeito. Um dos dirigentes do Milan, o ex-jogador Leonardo, já havia sinalizado essa dificuldade algumas semanas atrás.Quanto a Alexandre Pato, outro atleta do Milan nos planos de Dunga, Teixeira trouxe informação nova, obtida com a cúpula da Fifa: todos os clubes, com atletas em idade olímpica convocados para Pequim, serão obrigados a liberá-los. Os jogadores por enquanto, teriam de se apresentar cinco dias antes da estréia das seleções. A CBF e outras confederações ainda vão tentar ampliar o prazo.MINEIRÃOEm homenagem ao centenário do Atlético-MG, a CBF definiu que a preparação para o jogo Brasil x Argentina, em 18 de junho, será feita no centro de treinamento do clube.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.