CBF começa obra para CT da seleção

Com a retirada ontem das famílias que viviam no terreno na Barra, entidade vai dar início imediato à construção

Tiago Rogero / RIO, O Estado de S.Paulo

17 de maio de 2011 | 00h00

Oficiais de Justiça cumpriram ontem uma ordem de demolição de moradias irregulares no terreno onde a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) pretende construir a sua nova sede e o centro de treinamento da seleção, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio. A entidade comprou o terreno em setembro de 2009 por R$ 26 milhões, mas uma disputa na Justiça vinha impedindo o início das obras. Com a remoção das famílias, a CBF espera cumprir o cronograma e inaugurar o espaço até 2013, quando o Brasil receberá a Copa das Confederações.

O impasse era entre o empresário Pasquale Mauro, com quem a CBF possui um contrato de venda, e um posseiro, Antônio Saraiva de Oliveira, de 73 anos, que até ontem morava no local. Outros moradores ocupavam cerca de 10 barracos e também foram removidos.

Segundo o diretor de comunicação da CBF, Rodrigo Paiva, a entidade pagou R$ 15 milhões ao empresário, e esperava somente pela resolução do impasse na Justiça para depositar os R$ 11 milhões restantes e iniciar as obras. "Queríamos ter começado a construção em janeiro de 2010", disse. A cerimônia de lançamento da pedra fundamental ocorreu em setembro de 2009.

A prioridade da CBF é transformar o espaço no centro de treinamento da seleção, substituindo a Granja Comary, em Teresópolis, na região serrana, que abriga os atletas desde a década de 1980. O espaço teria ainda uma moderna sede, museu do futebol, centro de fisioterapia, estacionamento para 400 veículos e um hotel, que serviria de alojamento no período pré-Mundial.

Segundo nota da CBF, as obras do CT começam imediatamente. A sede e o museu ficarão para uma segunda etapa dos trabalhos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.