Pedro Pardo/AFP
Pedro Pardo/AFP

Cerimônia de abertura do Pan fará uma homenagem à cultura e à história peruana

Evento terá a presença do presidente do Peru, Martín Vizcarra, o presidente do Comitê Olímpico Internacional, Thomas Bach, entre outros dignitários

Paulo Favero, enviado especial a Lima, O Estado de S.Paulo

26 de julho de 2019 | 04h30

A cerimônia de abertura dos Jogos Pan-Americanos vai fazer uma homenagem ao Peru usando como pano de fundo o relevo topográfico do país. O evento será realizado nesta sexta-feira no Estádio Nacional, em Lima, com ingressos esgotados e promessa de muita música e cores. Francisco Negrin assina a direção criativa da festa, que terá cerca de duas horas e 40 minutos de duração.

"Tenho a responsabilidade e me dá um frio na barriga ter de apresentar o Peru ao mundo e aos peruanos, ainda mais não sendo deste país. Tivemos a ajuda do pessoal de criação, que foram se juntando à equipe e acredito que tivemos êxito em contar aquilo que o povo local gostaria de dizer sobre seu país", disse.

No total, 1.933 pessoas vão participar do show, entre eles 1.860 voluntários, que passaram por 280 horas de ensaio. A equipe de produção tem 230 membros de 17 nacionalidades diferentes. A abertura vai começar às 20h (no horário de Brasília) e terá transmissão ao vivo pela TV Record e pelo SporTV 2.

O evento terá a presença do presidente do Peru, Martín Vizcarra, o presidente do Comitê Olímpico Internacional, Thomas Bach, o presidente da PanAm Sports, Neven Ilic, e do Comitê Organizador Lima-2019, Carlos Neuhaus, entre outras autoridades. Haverá momento de cerimonial e pequenos discursos entre as apresentações.

Para Entender

Pan-Americanos 2019: saiba como assistir ao torneio que será disputado em Lima

Competição vai ter transmissão ao vivo na TV aberta, fechada e online

Os 41 países vão desfilar com suas delegações, tendo o porta-bandeira à frente, e o espetáculo vai mostrar imagens icônicas de cada nação participante. Como sede, o Peru será a última equipe a entrar no Estádio Nacional. Cerca de 50 mil pessoas são esperadas para acompanhar a cerimônia de abertura do Pan em Lima.

O Comitê Organizador do Pan contratou para se encarregar da festa a empresa Balich Worldwide Shows, da Itália, que entre outros eventos realizou as cerimônias olímpicas dos Jogos de Inverno de Torino-2006 e Sochi-2014, além dos Jogos do Rio, em 2016. Entre os nomes de destaque do evento estao Luis Fonsi, um dos autores de 'Despacito', e o tenor peruano Juan Diego Flórez.

Tudo o que sabemos sobre:
Jogos Pan-americanos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.