César Castro é 14º na semi do trampolim de 3m no Mundial e obtém vaga olímpica

O brasileiro César Castro está classificado para a prova do trampolim de 3 metros Jogos de 2016. Nesta quinta-feira, ele se classificou para sua quarta Olimpíada consecutiva - competiu em Atenas-2004, Pequim-2008 e Londres-2012 - ao ficar na 14ª colocação nas semifinais dessa disputa no Mundial de Esportes Aquáticos, que está sendo realizado em Kazan, na Rússia.

Estadão Conteúdo

30 de julho de 2015 | 13h17

Apenas os 12 primeiros colocados na disputa do trampolim de 3 metros asseguravam a vaga na Olimpíada do Rio. Porém, o mexicano Romel Pacheco, que já possuía vaga pelo resultado dos Jogos Pan-Americanos de Toronto, e o francês Mathieu Rosset, que garantiu sua presença no Rio ao vencer o Campeonato Europeu, estavam entre eles. Assim, "sobraram" mais duas vagas. E uma delas ficou com César Castro, que conquistou a sua classificação para a Olimpíada de 2016.

"Não tenho palavras para descrever esse momento. Estou indo para a minha última Olimpíada e já conseguir assegurar essa vaga com um ano de antecedência é excelente para focar melhor na preparação para 2016. Fiz todo meu planejamento para conquistar essa vaga aqui em Kazan e fico muito feliz em ter alcançado o meu objetivo", disse.

César Castro conseguiu um total de 430,30 pontos, o que lhe deixou em 14º lugar e como segundo reserva da final do trampolim de 3 metros, marcada para esta sexta-feira em Kazan - o último classificado para a disputa de medalha foi o sul-coreano Haram Woo, com 450,90 pontos. Já o chinês Yuan Cao avançou em primeiro lugar, com 540,80 pontos.

O brasileiro agora vai se concentrar na preparação para a Olimpíada, com a intenção de conquistar um resultado expressivo no Rio, em 2016. "É muito mais tranquilo passar o ano se preparando já com a vaga assegurada. Agora é voltar para os Estados Unidos - onde treina e mora - e continuar fazendo o meu trabalho. Consegui evoluir entre os Jogos Pan-Americanos e o Mundial, e mesmo aqui em Kazan melhorei minha nota entre as preliminares e a semifinal. Sinal de que o trabalho está sendo bem feito", afirmou.

O desempenho de César Castro foi melhor do que nas eliminatórias, quando ele ficou em 17º lugar, com 419,30 pontos, avançando às semifinais, fase em que conquistou a vaga olímpica. Outro brasileiro presente na disputa do trampolim de 3 metros, Ian Matos foi eliminado ao ficar apenas na 23ª colocação, com 403,85 pontos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.