César Castro está fora de final de trampolim no Mundial

Brasileiro chegou a ocupar a oitava posição na prova de 1 metro, mas terminou na 18.ª colocação em Roma

AE, Agencia Estado

17 de julho de 2009 | 12h16

César Castro começou nesta sexta-feira a participação do Brasil no Mundial de Esportes Aquáticos, disputado em Roma. Ele terminou a prova de trampolim de 1 metro, dos saltos ornamentais, na 18.ª colocação. Com o resultado, o brasileiro ficou fora da final - apenas os 12 primeiros avançavam.

Castro chegou a ocupar a oitava posição após seu terceiro salto, em que conquistou a melhor nota entre todos os 36 competidores. Nos três últimos saltos, no entanto, o brasileiro caiu de produção e perdeu espaço entre os finalistas. Ele encerrou sua participação com 329,95 pontos.

O melhor colocado na eliminatória foi o chinês Xinhua Zang, que chegou a 416,10 pontos, assumindo a liderança nos dois saltos finais. O norte-americano Chris Colwill foi o segundo, com 413,35. A final acontece ainda nesta sexta.

Castro voltará à piscina na próxima quarta-feira, para a fase eliminatória do trampolim de 3 metros, prova em que conquistou seus resultados mais expressivos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.