César Castro termina em oitavo no trampolim no Mundial

O brasileiro César Castro ficou em oitavo lugar nesta sexta-feira na final do trampolim de 3 m do Mundial de Esportes Aquáticos, que está sendo disputado em Melbourne, nesta sexta. Ele repetiu a posição da semifinal e, se não faturou uma medalha, pelo menos comemora a classificação para as Olimpíadas de Pequim, na China, no ano que vem.Na decisão, César somou 469,90 pontos, contra 431,75 que havia totalizado nas semifinais. O canadense Alexandre Despatie, ficou com a medalha de prata, com 518,65 pontos, e o ouro foi para o chinês Kai Qin, com 545,35. O russo Dmitry Sautin é quem faturou o bronze (517,10). Bom e regularO desempenho do dueto brasileiro Caroline Hildebrandt e Lara Teixeira na final do nado sincronizado foi considerado bom pelas atletas: elas ficaram em 12.º e último lugar, somando 89 mil pontos. As vencedoras foram as russas Anastasia Davydova e Anastasia Ermakova, atuais campeãs olímpicas, que faturaram o tricampeonato mundial com 99,333 pontos.No pólo aquático, a seleção brasileira feminina sofreu sua segunda derrota. Perdeu para a Austrália por 11 a 3 e terminou em terceiro lugar no Grupo B. Agora, enfrenta a Espanha, segunda colocada do Grupo A, em busca de uma vaga na seqüência da competição (às 21h40 de Brasília).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.