César Cielo brilha e conquista 10.ª medalha de ouro do Brasil

Nadador quebra recorde pan-americano e vence com facilidade a prova dos 100 metros livre

18 de julho de 2007 | 11h26

O nadador brasileiro César Cielo, de 19 anos, deu show e conquistou o ouro na disputa dos 100 metros livre, em prova realizada no Parque Aquático Maria Lenk. Foi a décima medalha dourada do País nos Jogos Pan-Americanos e terceira conquistada pela natação nesta quarta-feira.  Confira o quadro geral de medalhas  Conheça os detalhes das modalidades em disputa Mostrando bom preparo físico, o nadador cravou o tempo de 48s49, estabelecendo o novo recorde pan-americano. A marca anterior pertencia a outro brasileiro, Fernando Scherer, que havia feito 49s19 na disputa do Pan-Americano de Winnipeg, no Canadá, em 1999. Ainda na prova dos 100 metros livre, o segundo lugar ficou com o argentino Jose Meolans, que chegou com o tempo de 49s42. Já o norte-americano Gabriel Woodward ficou com o bronze, ao cravar 49s59. O outro brasileiro na disputa, Eduardo Deboni, foi o quarto colocado (49s95). "Esse ouro é meu. Na minha cabeça, já entrei na disputa para vencer", contou o atleta, que ainda pode levar mais um ouro, uma vez que participará dos 50 metros livre, a prova mais famosa da natação. "A participação nos 100 metros foi perfeita, já que deixei o pessoal para trás." Antes de Cielo, o Brasil já havia faturado dois ouros nesta quarta-feira. O primeiro deles veio com Rebeca Gusmão, na disputa dos 50 metros livres. A nadadora brasiliense deixou para trás a venezuelana Vanessa Garcia Vega, uma das principais rivais do Brasil no Pan. Já a outra medalha dourada veio com o paraibano Kaio Marcio, na disputa dos 100 metros borboleta. Ele cravou 52s05 e obteve o novo recorde pan-americano. Nesta prova, Gabriel Mangabeira fez a dobradinha para o Brasil ao cravar 52s43 e ficar com a prata. Ainda nesta quarta, o País já havia conquistado três bronzes: com Armando Negreiros, nos 400 metros livres, Gabriella Silva, nos 100 metros borboleta, e a equipe feminina no revezamento 4x200 metros livre. Na terça-feira, o Brasil somou outros dois ouros, com Thiago Pereira (nos 400 m medley) e a equipe do revezamento 4x200 metros livres.

Tudo o que sabemos sobre:
nataçãoPan 2007

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.