Cesar Cielo terá treino de luxo na Tentativa Mundial, no Rio

Mesmo já garantido no Mundial, o campeão olímpico e mundial disputará o evento

AE, Agência Estado

19 de abril de 2011 | 17h37

RIO - Para a grande maioria dos melhores atletas da natação brasileira, a Tentativa Mundial, que começa nesta quarta-feira no Parque Aquático Júlio Delamare, no Rio, é a segunda das três chances de conquistar o índice para o Mundial de Xangai, em julho. O mesmo não se aplica a Cesar Cielo.

O atual campeão mundial dos 100 e dos 50 metros livre, Cielo já conquistou o índice para as duas provas - e também para os 50 metros borboleta, prova que não é olímpica. Assim, a Tentativa Mundial, para ele, não passará de um treino de luxo. Ele estuda até nadar provas alternativas para se testar.

"É um momento de continuar competitivo, em que já estou um pouco mais veloz e, ao mesmo tempo, em que posso nadar sem a pressão do Troféu Maria Lenk", observou Cielo, em referência à competição que acontecerá entre os dias 2 e 8 de maio e será a terceira e última chance de tomada de tempo para os brasileiros tentarem ir ao Mundial.

"A competição vale índice para o Mundial e o Pan. Mas ele não está atrás de marcas. Como no segundo semestre do ano passado a maioria das competições foi em piscina curta, são poucas os torneios de longa até o Mundial e os técnicos acharam que, antes do Troféu Maria Lenk, poderia ter essa competição", explicou Albertinho, técnico de Cielo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.