Chance de um casamento perfeito entre Ganso e o São Paulo

Jogador volta a sorrir depois de assinar contrato de cinco anos com o time do Morumbi

Fernando Faro, O Estado de S.Paulo

21 de setembro de 2012 | 03h06

Até agosto de 2010, Ganso era uma unanimidade nacional. Àquela altura ele já era campeão paulista e da Copa do Brasil com o demolidor Santos de Neymar e Robinho que virou febre por seu futebol alegre e de goleadas. Mas a lesão no ligamento do joelho esquerdo em partida contra o Grêmio, pelo Brasileiro, começou a mudar sua sorte. O futebol começou a cair justamente quando as negociações por um novo contrato malogravam. Exigindo a redução da multa rescisória para clubes europeus - que era de 50 milhões de euros -, reclamou que não era valorizado e iniciou a rota de colisão com a diretoria.

Para piorar, Neymar começou a ganhar mais projeção, recebeu dois aumentos e chegou à marca de R$ 3 milhões mensais. Foi a gota d'água e o camisa 10 nunca mais foi o mesmo.

Agora no São Paulo, terá enfim a valorização financeira que pediu e um ambiente novo para tentar reencontrar o futebol que encantou o País. Também terá o desafio de devolver o clube à era vitoriosa, encerrada em 2008. Um casamento que, se der certo, trará alegria para todos. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.