Chávez Jr derruba rival, mas perde cinturão do CMB

O boxe voltou a viver uma grande noite neste sábado em Las Vegas, no Thomas & Mack Center. Ali, o mexicano Julio César Chávez Jr, filho da lenda de mesmo nome, foi derrotado pelo argentino Sergio Martínez, por decisão unânime dos juízes, e perdeu não só sua invencibilidade como também o título dos pesos médios do Conselho Mundial de Boxe.

AE, Agência Estado

16 de setembro de 2012 | 15h13

Maravilla Martínez, como é conhecido na Argentina, foi amplamente superior nos primeiros oito de 12 assaltos. Depois disso, Chávez Jr começou a impor dificuldades ao rival. Sabendo que estava atrás na contagem, procurou o nocaute, única forma de chegar à vitória.

Mesmo com o resto ensanguentado, Chávez derrubou o argentino com um cruzado de esquerda no 12º round. Martínez, que venceu por 118-110, 117-110 e 118-110, acabou salvo pelo gongo, conforme avaliação do mexicano. "Estava a 20 segundos de nocauteá-lo. Mas me encontrei tarde demais", avaliou.

A atuação no último round do mexicano, que agora acumula 46 vitórias, um empate, uma derrota e um no contest (luta sem vencedor), já o credencia para tentar recuperar o cinturão. "Ele fez um grande combate e esteve mais duro do que eu esperava. Mostrou um grande coração. Se ele quiser, vamos ter uma revanche", disse Martínez, já visando uma polpuda bolsa. Por enquanto ele tem um cartel de 50 vitórias, duas derrotas e dois empates.

Tudo o que sabemos sobre:
boxeChávez Jr

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.