Chávez: 'Venezuela conquistou medalha do amor nos Jogos'

Em Pequim, presidente venezuelano diz que o povo do seu país gosta muito da China, sede da última Olimpíada

EFE,

24 de setembro de 2008 | 19h20

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, disse nesta quarta-feira em Pequim que a delegação do país não foi bem nos Jogos Olímpicos deste ano, mas conquistou a "medalha do amor da China".As declarações foram concedidas durante o encontro de Chávez com o presidente chinês, Hu Jintao, na capital do país asiático. "Embora não tenhamos conseguido medalhas, conquistamos a medalha do amor da China", disse Chávez no Grande Palácio do Povo.A Venezuela ficou apenas em 81.º lugar no quadro de medalhas dos Jogos, com apenas um bronze conquistado por Dalia Contreras Rivero na categoria até 49 kg do tae kwon do.No evento desta quarta, Chávez transmitiu a Hu "o afeto do povo venezuelano, que gosta muito da China e do presidente deste país"."Brilhará sempre em nossos olhos e vibrará sempre em nossos corações o brilho, esplendor e o grande triunfo da China nos Jogos Olímpicos", disse o venezuelano, referindo-se à liderança dos anfitriões no quadro de medalhas.Já Hu Jintao disse sentir uma "grande satisfação" por poder encontrar-se novamente com Chávez em Pequim. Esta é a quinta viagem do presidente da Venezuela à China.O presidente chinês aproveitou a ocasião para agradecer a Chávez pelo apoio e solidariedade durante o terremoto que devastou a província de Sichuan em maio.Além do encontro com Hu, o presidente venezuelano se reuniu também com o presidente da Assembléia Nacional Popular chinesa (Legislativo), Wu Bangguo.Após os dois compromissos, Chávez e Hu se reuniram a portas fechadas e assinaram 12 acordos, relacionados principalmente ao setor petroleiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.