Chefe da organização da Volta da França critica a UCI

Clerc diz que falta 'clareza, transparência, competência, além da carência evidente de profissionalismo'

28 de julho de 2007 | 09h55

Mais um capítulo foi escrito neste sábado para "apimentar" ainda mais a relação entre a organização da Volta da França e a União Internacional de Ciclistas (UCI), já que o responsável pela competição ciclística mais famosa do mundo, Patrice Clerc, pediu a demissão dos diretores da UCI.   De acordo com Clerc, a UCI não soube controlar os ciclistas para evitar casos de doping, com diretores que não possuem "clareza, transparência, competência e a carência evidente de profissionalismo".   A declaração do chefe da organização da Volta da França deve aumentar ainda mais a animosidade entre as partes, já que a UCI chegou a acusar a organização do evento de ser extremamente rigorosa no controle antidoping.

Tudo o que sabemos sobre:
ciclismoVolta da França

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.