Chibana se diz preparado para pódio no Mundial de Judô

Brasileira, líder do ranking mundial na categoria até 66kg, é uma das apostas nacionais para os jogos olímpicos de 2016

Estadão Conteúdo

20 de agosto de 2014 | 17h29

Líder do ranking mundial da categoria meio-leve (até 66kg), Charles Chibana é uma das apostas brasileiras de pódio no Mundial de Judô, que começa na segunda-feira, em Chelyabinsk, na Rússia. Consciente da sua condição de favorito, ele disse estar preparado para conseguir a medalha.

No ano passado, Chibana já chegou perto do pódio no Mundial do Rio. Mas caiu na semifinal e não conseguiu chegar ao bronze na repescagem. Agora, mais experiente, vai encarar a competição pela segunda vez na carreira, dessa vez como favorito na categoria - lidera o ranking desde abril.

"Para essa minha segunda participação (em Mundial), eu quero a medalha, porque estou preparado para isso. Depois do Mundial do ano passado, eu tentei melhorar o que tinha que melhorar e acertar o que eu havia errado. Essa ano também passamos um período no Japão treinando. Tudo isso contribuiu para eu chegar aqui amadurecido física, técnica e psicologicamente", contou o judoca de 24 anos.

Segundo Chibana, estar na liderança do ranking mundial "pesa um pouco, porque os atletas te estudam mais". "Mas eu procuro não me preocupar tanto com essa questão e, sim, em estar sempre mudando minha estratégia de luta para surpreender o adversário", contou o judoca brasileiro.

Tudo o que sabemos sobre:
judôCharles Chibana

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.