Chicão recebe proposta do Benfica

Zagueiro-artilheiro deve ser o primeiro a deixar o Corinthians

VÍTOR MARQUES, vitor.marques@grupoestado.com.br, O Estadao de S.Paulo

19 de maio de 2009 | 00h00

O título de campeão paulista e a presença de Ronaldo levaram o Corinthians a ser manchete nos principais jornais do mundo. Com isso, além da fama, também surgiu o interesse de clubes europeus pelos jogadores do elenco. O primeiro que pode sair é o zagueiro Chicão. O atleta, de 27 anos, interessa ao Benfica, de Portugal. "A proposta não chegou para mim, mas foi apresentada ao meu empresário. No momento, estou concentrado apenas no jogo de quarta-feira (amanhã) contra o Fluminense", disse o camisa 3, referindo-se ao segundo duelo pelas quartas de final da Copa do Brasil, no Maracanã.Chicão tem contrato até dezembro de 2010. Ele poderá sair após a participação corintiana na Copa do Brasil. O zgueiro ficará com 30% da proposta, o Corinthians, 55%, e o Figueirense, 15%. "No momento certo, vamos sentar e ver o que é melhor para mim e para o clube."Desde que chegou ao Corinthians, no início do ano passado, Chicão tem se destacado pela regularidade e pelos gols marcados. Foram 22 em 74 jogos com a camisa do Corinthians.Ontem, os jogadores, entre eles Ronaldo, que usava um boné, fizeram um trabalho de recuperação em General Severiano, no campo do Botafogo. Hoje, o técnico Mano Menezes deverá comandar um treino tático e confirmar o time que enfrentará o Fluminense. "Temos de atacar e ser inteligentes, sem nos descuidar da defesa", afirmou Chicão.William correu em volta do gramado e pode voltar ao time titular. O zagueiro se recupera de uma lesão, desde a final do Paulista, quando o troféu pela conquista do Estadual caiu em cima de seu pé durante a comemoração. Se William voltar, Diego, que tem feito boas apresentações, ficará no banco.DENTINHOA diretoria do Corinthians entrou com pedido de efeito suspensivo no STJD para escalar o atacante Dentinho, que está suspenso. Outra dor de cabeça dos dirigentes foi o fato de o juiz da partida contra o Fluminense, amanhã, ser Carlos Eugênio Simon, que, segundo os cartolas, deveria ter marcado um pênalti sobre Ronaldo, domingo, contra o Botafogo.Zagallo esteve ontem em General Severiano e reencontrou Ronaldo. Segundo o ex-treinador, o camisa 9 voltará em breve à seleção. "Ainda não é o momento para o Ronaldo voltar, mas ele vai participar da Copa do Mundo", comentou Zagallo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.