Kyle Terada/USA Today
Kyle Terada/USA Today

Chiefs e 49ers confirmam favoritismo e se classificam para o Super Bowl

Equipes confirmaram neste domingo o favoritismo que carregavam nas finais das conferências e se definem título no dia 2 de fevereiro

Redação, Estadão Conteúdo

20 de janeiro de 2020 | 00h14

Kansas City Chiefs e San Francisco 49ers vão disputar no dia 2 de fevereiro, em Miami, a 54.ª edição do Super Bowl, a final da NFL (liga de futebol americano dos Estados Unidos). As duas equipes confirmaram neste domingo o favoritismo que carregavam nas finais das conferências e buscarão em duas semanas um título que não conquistam há bastante tempo.

Um dos times mais vencedores da liga, o San Francisco 49ers levantou o Troféu Vince Lombardi pela derradeira vez em 1995. Já os Chiefs estão na "fila" há muito mais tempo, pois sua única conquista ocorreu em 1970 - a equipe de San Francisco ganhou o campeonato cinco vezes (só Pittsburgh Steelers e New England Patriots, com seis, têm mais títulos do que os 49ers).

Apesar de não vencerem a Conferência Americana desde 1970, ano de seu único título no Super Bowl, os Chiefs eram favoritos na decisão deste domingo porque jogavam em casa, já que fizeram melhor campanha do que os Titans na competição. Mas o adversário era muito perigoso, uma vez que chegou à final da conferência após derrubar dois times considerados superiores, Patriots e Baltimore Ravens, e em ambos os casos como visitante.

E os primeiros minutos de jogo deram à torcida do time de Nashville a ilusão de que aprontariam mais uma surpresa, pois rapidamente os Titans abriram 10 a 0 no placar. Aos poucos, porém, os Chiefs foram se impondo, comandados pelo talentoso quarterback Patrick Mahomes, que no primeiro tempo deu dois passes para touchdowns e ainda conseguiu outro correndo com a bola.

Os donos da casa foram para o intervalo vencendo por 21 a 17 e consolidaram sua vantagem na etapa final. Outros dois touchdowns levaram o placar a 35 a 17, o que deixou a partida fora do alcance dos Titans, que conseguiram mais uma pontuação para terminar a partida com derrota por 35 a 24.

Mais tarde, na cidade de Santa Clara, nas proximidades de San Francisco, os 49ers massacraram o Green Bay Packers no primeiro tempo da final da Conferência Nacional e praticamente garantiram ali a classificação para o Super Bowl. Os donos da casa foram para o intervalo vencendo por 20 a 0 e deixaram os visitantes precisando de um milagre na etapa final, o que não ocorreu.

É verdade que o tradicional time de Green Bay elevou seu nível na segunda metade da partida e conseguiu marcar 20 pontos, mas os 49ers mantiveram o bom desempenho da primeira etapa, especialmente no jogo terrestre, e terminaram a partida com o placar de 37 a 20. A equipe de San Francisco disputou o Super Bowl pela última vez e 2013, quando foram derrotados pelos Ravens.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.