Chiellini se entusiasma com paixão do Brasil por futebol

Chiellini está curtindo como poucos a viagem ao Brasil. Ele diz que se "respira futebol" o tempo todo no País, e que, por isso, não vê a hora de entrar no Maracanã para enfrentar o México, domingo, na estreia na Copa das Confederações. "Soube que já venderam mais de 60 mil ingressos para o jogo, e o Brasil nem vai estar em campo. Isso mostra a paixão do povo brasileiro pelo futebol. Vai ser uma grande emoção jogar no Maracanã lotado", disse o zagueiro da seleção italiana.

LUÍS AUGUSTO MONACO, Agência Estado

12 de junho de 2013 | 17h00

O hotel em que a Azzurra está concentrado fica de frente para o mar, na Barra da Tijuca, e de manhã os jogadores costumam sair para caminhar pela areia. Quando perguntaram a Chiellini o que estava achando da praia, ele respondeu: "As praias daqui são intermináveis. Não imaginava que fossem assim".

O zagueiro da Juventus - que deve disputar a Copa das Confederações como lateral-esquerdo - disse que ficou impressionado com a quantidade de jogos que a tevê brasileira mostrava na noite de terça-feira, dia de rodada da Série B. "Entre partidas ao vivo e reprises, acho que tinha umas dez ao mesmo tempo na tevê. É sensacional, as pessoas daqui amam o futebol", afirmou Chiellini.

E quando a pergunta foi se tinha preferência por jogar de zagueiro ou lateral, ele deu um jeito de elogiar um dos grandes laterais que o Brasil teve. "Jogo na posição que o treinador quiser. Como lateral não sou um Roberto Carlos, mas faço o que for preciso para colaborar com a equipe", avisou Chiellini.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.