Chile perde dois jogadores machucados para enfrentar a Venezuela

A derrota por 2 a 1 não foi o único o único prejuízo sofrido pelo Chile na partida de quinta-feira à noite contra a Argentina, em Santiago. Marcelo Díaz e Matías Fernández, ambos meio-campistas, saíram machucados antes dos 25 minutos do primeiro tempo, tiveram lesões constatadas e foram cortados da delegação que viaja para enfrentar a Venezuela, terça-feira, na casa do rival, pela sexta rodada das Eliminatórias da Conmebol para a Copa do Mundo de 2018.

Agência Estado, Estadão Conteúdo

25 de março de 2016 | 17h49

De acordo com boletim médico emitido nesta sexta-feira pela federação chilena, Marcelo Díaz, do Celta, teve uma lesão muscular no bíceps femoral direito. Já Matías Fernández, da Fiorentina, volta à Itália com uma pequena distensão no adutor esquerdo. Ambos foram cortados e retornam aos respectivos clubes para se tratarem.

Para os lugar deles, a comissão técnica convocou Esteban Pavez, do Colo-Colo, e Diego Valdés, do Audax Italiano. O técnico Juan Antonio Pizzi estreou no comando do Chile na derrota diante da Argentina e vai buscar a primeira vitória na Venezuela.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.