Chileno Suazo é operado e vê Copa mais distante

A cinco meses do início da Copa do Mundo, o Chile já tem o seu primeiro provável desfalque. Nesta quarta-feira, o atacante Humberto Suazo, que atualmente defende o Monterrey, do México, anunciou que irá operar o ombro esquerdo na próxima semana. O próprio jogador vê como remotas as chances de se recuperar a tempo de jogar o Mundial.

AE, Agência Estado

15 de janeiro de 2014 | 18h17

"Estou triste porque queria jogar. Faz quatro anos que estou com essas dores no ombro, tenho uma Copa pela frente, mas praticamente não tenho chances de jogar. Pensava que seria que este Torneio Clausura (do Campeonato Mexicano) seria muito bom, com um Mundial a caminho", comentou Suazo, falando a uma rádio de Guadalajara.

O jogador de 32 anos, porém, disse que não havia mais como adiar a operação. "A cirurgia tem que ser agora porque senão a dor ia continuar atrapalhando. Tenho que virar a página e seguir em frente", observou.

Suazo foi titular do Chile em sete jogos das Eliminatórias da Copa e marcou um gol na competição. Neste ano, porém, só foi convocado para três partidas e ficou no banco contra Equador e Colômbia, nas duas últimas rodadas. Os titulares da seleção chilena no ataque são Vargas e Alexis Sanchez.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa 2014futebolChile

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.