Matt Dunham/AP
Matt Dunham/AP

China é campeã por equipes na ginástica masculina

Campeões olímpícos confirmam favoritismo e superam o Japão (prata) e Alemanha (bronze); Brasil fica em 19.º

AE, Agência Estado

21 de outubro de 2010 | 16h09

Atual campeã olímpica, a seleção chinesa masculina de ginástica artística confirmou o favoritismo e conquistou nesta quinta-feira o título por equipes no Mundial de Roterdã, na Holanda. Com os ginastas Lu Bo, Feng Zhe, Zhang Chenglong, Chen Yibing, Ten Haibin e Yan Mingyong, a China somou 274,997 pontos na final da prova e levou a medalha de ouro.

A medalha de prata na disputa por equipes ficou com o Japão, que totalizou 273,769 pontos na final. Enquanto isso, a Alemanha surpreendeu com a conquista do bronze, ao somar 271,252 pontos. Depois, pela ordem, Estados Unidos, França, Rússia, Grã-Bretanha e Coreia do Sul completaram a classificação dos oito primeiros colocados no Mundial de Roterdã.

Desfalcada do astro Diego Hypólito e de outros três ginastas - todos por contusão -, a seleção brasileira masculina fez campanha modesta no Mundial. Na disputa por equipes, terminou em 19.º lugar, fora do grupo dos oito finalistas, mas com vaga garantida no Pré-Olímpico do ano que vem. E não conseguiu classificar ninguém para as finais individuais.

A seleção brasileira feminina também não foi para a final por equipes - ficou em 10º lugar -, que foi vencida na quarta-feira pela Rússia. Mas o Brasil ainda pode conquistar medalhas no Mundial de Roterdã. Nesta sexta, Jade Barbosa e Daniele Hypólito disputam a decisão do individual geral. E Jade também é finalista na prova do salto, marcada para sábado.

Tudo o que sabemos sobre:
ginástica artísticaMundialChina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.