Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

China volta a assombrar Corinthians para a disputa do Brasileiro

Clube pode ficar sem Elias, que interessa ao Shandong Luneng

O ESTADO DE S.PAULO

12 de maio de 2016 | 07h00

Depois de tirar quatro titulares do Corinthians no começo do ano, o futebol chinês pode voltar a desfalcar o Alvinegro. A bola da vez, de novo, é o volante Elias. O Shandong Luneng, dirigido pelo técnico Mano Menezes, tem interesse no jogador. A multa rescisória é de € 10 milhões (R$ 39,5 milhões na cotação atual). Elias tem contrato com o Corinthians até o fim de 2017. O Corinthians tem 50% dos direitos econômicos. A outra metade é do Sporting, de Portugal.

Essa é a segunda investida dos chineses no volante. No começo do ano, o Hebei China Fortune também demonstrou interesse, mas as negociações não avançaram. Pesou na decisão o fato de o Corinthians estar na Libertadores. Agora, com o time eliminado do torneio, aumentam as chances de Elias ser vendido.

O volante completa 31 anos e estaria disposto a deixar o futebol brasileiro depois da Copa América – Elias se apresenta ao técnico Dunga no dia 22 e, se o Brasil chegar à decisão do torneio, ficará com a seleção até 26 de junho. Sem propostas concretas de grandes clubes da Europa, o futebol chinês seria a oportunidade de Elias fazer o último contrato vantajoso da sua carreira.

No início do ano, deixaram o Corinthians Renato Augusto, Gil, Jadson e Ralf. Outros dois titulares foram para a França: Malcom e Vagner Love. Tite, que já pediu reforços à diretoria, sabe que corre o risco de perder atletas para o futebol chinês, revivendo o problema do começo de 2016. “Se, no segundo semestre, a China não tirar ninguém, já será um reforço”, afirmou o treinador corintiano.

Por outro lado, a diretoria não se opõe à saída de Elias, caso realmente a proposta da China venha e seja boa para o clube. A venda do volante, maior salário do elenco, se enquadraria na política de redução de custos da folha salarial.

Dirigentes também apostam que Tite já tem um substituto para Elias dentro do próprio elenco. Trata-se do meia Rodriguinho, que já assumiu a função de segundo volante quando o titular se machucou no começo da temporada. Além disso, as negociações com o volante Camacho, destaque do Osasco Audax no Paulistão, estão avançadas e ele seria outro candidato a ganhar a vaga de Elias.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.