Chinesas

Quatro pessoas ficaram feridas no jogo entre Brasil x Venezuela, ontem, em Goiânia, pela Liga Mundial de Vôlei. As irmãs Laurenita e Aurenita de Souza Matos, de 19 e 22 anos respectivamente, Braucileny do Nascimento, de 20 anos, e o segurança Paulo Sérgio de Matos, de 34, caíram da arquibancada, a uma altura de 1,5 metros, quando torcedores se debruçavam nas grades para tentar falar com os jogadores brasileiros depois do confronto. As vítimas foram levadas ao Hospital Santa Helena. Aurenita e Braucileny tiveram traumatismo craniano - a primeira leve; a segunda, moderado. Laurenita quebrou um dente e Paulo foi atendido e liberado pelos médicos. A Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) se comprometeu a arcar com os custos do atendimento às vítimas. Em quadra, a seleção brasileira masculina de vôlei derrotou ontem a Venezuela por 3 sets a 0 (25/19, 25/20 e 25/17), em Goiânia. Foi a última partida do time de Bernardinho antes das finais da Liga Mundial, no Rio. A seleção estréia quarta-feira, contra a Rússia, no Rio.A brasileira Poliana Aparecida de Paula, da canoagem slalom, irá a Pequim, pois herdará a vaga de Sarah Sonia Dupire, da Argélia, que, por problemas particulares, desistiu dos Jogos. Poliana terminou em 2º lugar na na Classificatória Americana do K1 feminino. O técnico Paulo Bassul só irá definir as doze jogadoras que irão a Pequim nas vésperas da competição, mas o treinador já escolheu as onze atletas que embarcam para a Austrália quinta-feira: Adrianinha e Claudinha (armadoras); Karen e Karla (ala/armadoras); Chuca, Fernanda e Micaela (alas); Êga, Franciele e Mamá (ala/pivôs); e Graziane (pivô). As pivôs Érika e Kelly, que disputam a WNBA, nos EUA, só se juntam à equipe em Pequim. Segundo Bassul, é por este motivo que vai adiar a convocação.Márcio e Fábio Luiz asseguraram ontem a segunda vaga do Brasil no torneio masculino de vôlei de praia dos Jogos de Pequim ao vencer os também brasileiros Pedro Solberg e Harley por 21/17 e 21/14 nas semifinais da etapa de Marselha do Circuito Mundial.Os outros classificados são Ricardo e Emanuel.Raquel Gonçalves Martins será a terceira brasileira a carregar a tocha olímpica. A empresa Lenovo, patrocinadora do revezamento, fez uma promoção na qual os funcionários da filial brasileira escolheram, por votação, um colega para representá-los. Raquel carregará a tocha em Yibin, China, no dia 5 de agosto. O presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Carlos Nuzman, e o jogador de vôlei de praia Emanuel foram outros brasileiros no revezamento, quando a tocha passou por Grécia e Argentuna, respectivamente, este ano.Oscar Pistorius não irá a Pequim. Falhou na tentativa de conseguir índice nos 400 metros e o Comitê Olímpico Sul-Africano não convocou o atleta, corre com próteses nas pernas, para as provas de revezamento olímpico. Pistorius participará somente da Paraolimpíada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.