Chinesas

Não deu para Renata e Talita. Debaixo de chuva, a dupla brasileira perdeu a disputa da medalha de bronze no vôlei de praia para as chinesas Chen Xue e Xi Zhang por 2 sets a 0 (parciais de 21/19 e 21/17). Estreantes em Jogos Olímpicos, elas não conseguiram manter a tradição brasileira de ter uma dupla feminina no pódio da modalidade, que vinha se repetindo havia três Olimpíadas. "Queria muito ganhar uma medalha. A gente merecia muito. Peço desculpas", disse Renata, chorando. Na disputa pelo ouro, as americanas Kerri Walsh e Misty May-Treanor confirmaram o favoritismo e bateram as chinesas Tian Jia e Wang Jie por 2 a 0.As autoridades chinesas cumprem as leis à risca. Fisicamente debilitadas, Wu Dianyuan, de 79 anos, e Wang Xiuying, de 77, por exemplo, foram condenadas ontem a um ano de "reeducação pelo trabalho" pela Justiça chinesa. Elas foram detidas depois de procurar a polícia pela quinta vez, tentando obter autorização para protestar contra as ações de despejo que o governo do país tem promovido. Desde que o governo liberou três praças de Pequim para servirem de palco para protestos, 77 pessoas tentaram obter a autorização. Ninguém conseguiu.Na reta final da Olimpíada, a polícia apertou o cerco contra os manifestantes favoráveis à independência do Tibete. Ontem, cinco estrangeiros foram detidos pela polícia local - que teve um incremento de 100 mil homens desde o início da semana. "As autoridades têm o direito de lidar com o tema de acordo com a lei", disse o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Qin Gang. Maior decepção chinesa nos Jogos, o corredor Liu Xiang, que abandonou a competição 110 m com barreiras por causa de uma lesão, vai abrir mão do seguro feito para suas pernas, no valor de US$ 14 milhões, segundo a agência chinesa Xinhua. O motivo não foi revelado.Um novo debate toma conta das ruas de Pequim. Por que tantos atletas mordem as medalhas que conquistam? Há quem afirme que os atletas duvidam da qualidade do ouro e há até uma inusitada explicação freudiana, baseada na estimulação oral depois do estresse da competição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.