Chinesas

Garoto-propaganda da candidatura do Rio a sede da Olimpíada de 2016, Pelé visitou ontem a Vila Olímpica e causou alvoroço entre atletas de todo o mundo. O Rei do Futebol passeou pelas instalações, deu dezenas de autógrafos, posou para fotos e deu show de diplomacia. "Venho sendo muito bem tratado na China", disse. "Prometo a eles uma recepção à altura nos Jogos do Rio."Não há dúvida de que Michael Phelps é o grande nome dos Jogos. Mas quem seria o segundo? O jamaicano Usain Bolt? Os astros Kobe Bryant e Yao Ming? Segundo a empresa americana Global Language Monitor, que analisa a mídia mundial, nenhum deles: a segunda mais citada é Lin Miaoke, a menina de 9 anos, que fez play back na cerimônia de abertura dos Jogos ao tomar o lugar da cantora Yang Peiyi, por ser considerada mais fotogênica. Yao e Bolt vêm em terceiro e quarto lugar.Phelps, aliás, parte para novo desafio: está escrevendo um livro, com o nome provisório de Built for Succeed (algo como Construído para o Sucesso), no qual vai narrar os bastidores da conquista das oito medalhas de ouro.A marcha atlética é uma das modalidades mais extenuantes do atletismo. Que o digam o norueguês Erik Tysse e os finlandeses Antti Kemps e Jarkko Kinnunen. Pouco acostumados ao calor de Pequim, desmaiaram ao cruzar a linha de chegada, depois de marchar os 50 km de prova.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.