Ciclista Amstrong defende médico

O ciclista norte-americano Lance Armstrong, bicampeão e líder da Volta da França, voltou a causar polêmica ao defender seu médico, Michele Ferrari, cujo nome está associado aos escândalos de doping. "Nossa relação é suspeita? Talvez. Mas só vou reavaliá-la caso sua culpa seja comprovada." Após um dia de descanso, a disputa da Volta da França será retomada nesta terça-feira. O 15º estágio da competição, entre as cidades de Pau e Lavaour, é considerado peça-chave para a conquista do título, pois é o trecho mais extenso da competição, com 232, 5 quilômetros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.