Paul White/AP
Paul White/AP

Ciclista de 41 anos vence a tradicional Volta da Espanha

Chris Horner se torna o atleta mais velho a vencer em uma etapa de Grand Tour

AE, Agência Estado

15 de setembro de 2013 | 17h05

MADRI - Contemporâneo de Lance Armstrong, Floyd Landis e Levi Leipheimer, entre outros grandes ciclistas norte-americanos que mancharam a história do ciclismo por doping, Chris Horner era um atleta mediano em fim de carreira. Até este domingo. Com a camiseta vermelha, o ciclista de 41 anos venceu a tradicional Volta da Espanha e colocou seu nome na história da modalidade.

Isso porque ele se tornou o mais velho ciclista a vencer uma prova do Grand Tour, que inclui a Volta da França, a Volta da Espanha e o Giro D'Itália. Antes, o recorde era de Firmin Lambot, que venceu na França com 35 anos. Isso há quase um século, aos 22 anos.

Armstrong, que era o maior ciclista da história até protagonizar um gigantesco escândalo de doping, conquistou seu sétimo título da Volta da França aos 33 anos, em 2005. Em 2010, correu pela última vez a prova. Ele é apenas um mês mais velho que Horner.Ao vencer na Espanha, Horner se tornou o primeiro norte-americano no Grand Tour desde 1990 e o primeiro na história a ser campeão desta prova. Até então, seu melhor resultado havia sido um nono lugar da Volta da França de 2010. Prestes a completar 42 anos (faz aniversário em outubro), ele não tem equipe para 2014.

Tudo o que sabemos sobre:
ciclismoVolta da Espanha

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.