Alessandro Di Me
Alessandro Di Me

Ciclista equatoriano Richard Carapaz garante o título do Giro da Itália

Atleta de 26 anos terminou na ponta, após 3.546,9 quilômetros, com o tempo de 90h01min47s

Redação, Estadão Conteúdo

02 de junho de 2019 | 16h02

O equatoriano Richard Carapaz se tornou, neste domingo, o primeiro ciclista da equipe Movistar a vencer o Giro da Itália. Após 21 etapas, iniciadas em 11 de maio, o atleta de 26 anos terminou na ponta, após 3.546,9 quilômetros, com o tempo de 90h01min47s, 1min05s à frente do italiano Vincenzo Nibali e 2min30s de vantagem sobre o esloveno Primoz Roglic.

A última etapa do Giro, que começou em Bologna e terminou em Verona, teve 17 quilômetros de extensão e foi vencida pelo norte-americano Chad Haga, que terminou a prova em 22min07s. O ciclista da Sunweb foi seguido pelos belgas Victor Campenaerts e Thomas De Gendt.

"É um sentimento único, eu ainda não acredito nisso. É um sonho, mas também a recompensa por todos os sacrifícios que eu tive que passar. Eu ainda não percebi isso. Eu devo isso aos meus pais, eu não sabia que eles viriam aqui para celebrar: a família é minha razão de viver", disse Carapaz, que chorou após o término da etapa.

Vestido com a camiseta rosa, que destaca o campeão, Carapaz, que venceu a quarta e a 14ª etapas, foi ovacionado pelo público presente, pela mulher, filhos e seus pais, que viajaram para a Itália sem o conhecimento do filho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.