Ciclista italiano pega dois anos de suspensão por doping

Suspensão de Leonardo Piepoli vale a partir desta segunda e se encerra em 25 de janeiro de 2011

AE-AP, Agencia Estado

26 de janeiro de 2009 | 10h13

O ciclista italiano Leonardo Piepoli foi suspenso por dois anos nesta segunda-feira, depois de ser flagrado com a substância Cera, um hormônio que estimula a recuperação muscular, durante sua participação na última edição da Volta da França.O doping havia sido anunciado em outubro do ano passado, três meses após a prova, assim que a Cera, uma versão avançada da eritropoietina (EPO), passou a ser descoberta nos testes antidoping, o que fez a organização da Volta da França refazer os exames.A suspensão, segundo o Comitê Olímpico Italiano, vale a partir desta segunda-feira e só se encerra em 25 de janeiro de 2011. Piepoli, que corria pela equipe Saunier Duval, já havia manifestado seu arrependimento e culpou um "momento de fraqueza" para explicar o doping. Outro membro da mesma equipe, Riccardo Ricco, já havia sido flagrado e suspenso em outubro.

Tudo o que sabemos sobre:
ciclismodopingLeonardo Piepoli

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.