Ciclista pega dois anos de suspensão por doping

Colombiano Libardo Niño foi pego no exame antidoping realizado no Pan do Rio, no ano passado

Efe

22 de fevereiro de 2008 | 18h17

O ciclista colombiano Libardo Niño foi suspenso, nesta sexta-feira, por dois anos pela federação de seu país ao consumir a substância eritropoietina (EPO) durante os Jogos Pan-americanos do Rio de Janeiro, em julho do ano passado. Niño levou a medalha de prata na prova do contra o relógio individual do Pan. Além de perder a premiação, ele só voltará a competir em novembro de 2009.A suspensão foi confirmada diante do resultado da contraprova, que também deu positivo. Mesmo aos 38 anos, Niño já afirmou que não pensa em deixar o esporte.

Tudo o que sabemos sobre:
ciclismodoping.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.