Cidade do Cabo constrói cadeia dentro do estádio

Torcedor que fizer baderna ou se meter em brigas nas cercanias ou dentro do Green Point vai passar um tempo preso no próprio estádio construído na Cidade do Cabo. É que a polícia instalou no local não apenas uma delegacia mas também celas para trancafiar os encrenqueiros.

, O Estadao de S.Paulo

18 de março de 2010 | 00h00

O Green Point, construído à beira-mar, vai receber oito partidas na Copa do Mundo, entre elas uma semifinal. "Receberemos várias seleções europeias, como Inglaterra, França, Itália e Portugal, que têm torcedores conhecidos por serem revoltados e propensos à baderna"", disse Nicholas Whiteley, assessor de imprensa do estádio.

Whiteley afirmou que a disposição das autoridades locais é de impedir que baderneiros coloquem em risco as pessoas que só querem torcer por suas seleções e se divertir. "Queremos que estas aproveitem tranquilamente o jogo, sabendo que cuidaremos dos arruaceiros.""

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.