Cielo aprova 'teste' nos EUA e já mira Maria Lenk

Brasileiro marcou 49s28 nos 100 metros livres e venceu a competição

Agência Estado

16 de fevereiro de 2014 | 12h22

ORLANDO - Cesar Cielo ficou satisfeito com o tempo obtido nos 100 metros livre, na noite de sábado, no GP de Orlando, nos Estados Unidos. O brasileiro marcou 49s28 no cronômetro e venceu a prova, deixando para trás o compatriota Bruno Fratus, seu algoz na final dos 50m livre, na sexta-feira.

"Foi uma prova difícil, para ser honesto, muito dura no fim, nos últimos 10 metros. Eu acho que não deveria ter respirado e ter antecipado um pouco a chegada. Mas é para isso que serve o Grand Prix, para testar o que estou treinando. Vou trabalhar agora para o Troféu Maria Lenk e ver o quanto eu posso ser rápido lá", projetou Cielo.

O Troféu Maria Lenk, no fim de abril, é um dos principais objetivos do nadador neste primeiro semestre, no qual está dando foco às provas em piscina longa, de 50 metros. Para aperfeiçoar a preparação para a atual temporada, Cielo está treinando nos Estados Unidos desde a virada do ano.

Em Orlando, ele disputou três provas. Foi medalha de prata nos 50m livre, atrás somente de Fratus, e acabou sendo desclassificado nos 100 metros borboleta. O ouro só veio nos 100 metros, na noite de sábado, com o tempo que é o novo recorde do GP de Orlando.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.