Cielo bate Phelps nos EUA e ganha moral para os 50 m livre

Brasileiro disputa hoje, no GP de Michigan, prova em que é especialista após bater americano nos 100 m borboleta

, O Estado de S.Paulo

09 de abril de 2011 | 00h00

ANN ARBOR, EUA

Em sua primeira participação internacional na temporada, Cesar Cielo mostrou força no Grand Prix de Michigan, nos EUA, mesmo fora de sua especialidade. Nas eliminatórias dos 100 m borboleta, o campeão olímpico e mundial fez a prova em 53s83 e superou até Michael Phelps (53s87) - ficou atrás apenas da marca do polonês Marcin Cieslak (53s14). Hoje, às 10 horas (de Brasília), o nadador brasileiro entra com moral para a disputa que realmente lhe interessa, as eliminatórias dos 50 m livre.

Cielo participou da prova de ontem apenas para diminuir a expectativa sobre sua estreia hoje, mas não escondeu a satisfação com o bom desempenho. "Fazer 53s83 no 100m borboleta é muito bom para um início de competição. Foi o segundo (melhor) tempo das eliminatórias", afirmou o nadador, lembrando que 80 atletas se inscreveram para a disputa.

Mesmo classificado, Cielo abriu mão de disputar as finais do estilo para evitar sobrecarga e se concentrar nas provas dos 50 m e 100 m livre, nas quais é especialista. "Aproveitamos para trabalhar a saída, a transição e para quebrar o gelo também. Foi uma boa surpresa", disse o técnico Albertinho.

Otimismo. Segundo o técnico, a expectativa é de que Cielo nade hoje os 50 m livre abaixo dos 22 segundos - as melhores marcas da temporada pertencem aos franceses Fred Bousquet (22s07) e Alain Bernard (22s09). Neste ano, ele disputou apenas uma vez os 50 m livre, no Rio, e marcou 22s31. A prova nos EUA serve como preparação para o Mundial de Xangai, em agosto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.