Cielo divulga o Pan, mas sua presença na competição é incerta

Campeão olímpico prioriza participação no Mundial de Kazan, na Rússia, que começa menos de um mês depois

Alessandro Lucchetti, O Estado de S. Paulo

27 de janeiro de 2015 | 17h56

O twitter dos Jogos Pan-Americanos de Toronto postou um vídeo no qual Cesar Cielo tece elogios ao CIBC Aquatics Centre, a instalação mais cara já construída no Canadá para os esportes chamados amadores. O centro aquático é integrado, além de outros equipamentos, por duas piscinas olímpicas com dez raias.

Acompanhado por outro campeão olímpico, Arthur Zanetti, Cielo visitou as instalações esportivas de Toronto a convite do governo canadense. Isso não significa, no entanto, que ele tenha decidido participar do Pan.

A dúvida sobre sua presença no evento permanece, pois o Pan e o Mundial de Esportes Aquáticos, em Kazan, estão situados muito próximos no calendário. As provas de natação em Toronto serão disputadas de 14 a 18 de julho, e as do Mundial na Rússia começam no dia 10 de agosto.

O estafe de Cielo advertiu os representantes do Canadá que a presença do nadador no Pan é incerta, mas eles insistiram na presença dele, alegando que o campeão olímpico é um amigo do Canadá, pois participou do revezamento da tocha olímpica dos Jogos de Inverno de Vancouver, em 2010.

Cielo considerou as piscinas do CIBC Aquatics Centre muito velozes, capazes até de propiciar recordes mundiais, e proferiu palestras na Universidade de Toronto a nadadores canadenses.

A CBDA ainda não decidiu se enviará uma equipe A ou B para o Pan. Na opinião do nadador, ao menos nas provas de velocidade, o Brasil tem condições de formar uma equipe B muito qualificada. O número de velocistas de primeiro nível proliferou nos últimos anos, e o Brasil hoje conta com nomes como Bruno Fratus, Matheus Santana, Marcelo Chierighini, João de Lucca e Nicolas Nilo. Cielo reitera ainda que sua prioridade é o Mundial.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.