Martin Bureau/AFP
Martin Bureau/AFP

Cielo e Nicholas Santos avançam à final dos 50m borboleta em Kazan

Recordista brasileiro se classifica apenas com o oitavo tempo

Estadão Conteúdo

02 Agosto 2015 | 12h37

Cesar Cielo e Nicholas Santos confirmaram vaga na final dos 50 metros borboleta, neste domingo, no Mundial de Esportes Aquáticos, disputado em Kazan, na Rússia. Atual bicampeão mundial, Cielo se classificou apenas com o oitavo e último tempo, após cometer erro na chegada. Já Nicholas brilhou ao registrar a segunda melhor marca da semifinal.

Cielo já havia ficado aquém do esperado na primeira eliminatória do dia. Com dores no ombro, ele reclamou do próprio desempenho e avançou apenas na antepenúltima colocação, com 23s66. Desta vez, o nadador foi um pouco melhor, com 23s29. Mas correu sério risco de ficar de fora da final da prova, na qual vai defender o tricampeonato mundial.

Ele cometeu erro na chegada e foi apenas o quinto colocado de sua série. Nadando próximo de Cielo, Nicholas Santos bateu na frente de todos, com 23s05, segunda melhor marca das semifinais. O melhor tempo geral foi do francês Florent Manaudou, que cravou o melhor tempo do ano: 22s84. A decisão da medalha será nesta segunda-feira.

FEMININO

Pouco antes dos 50m borboleta masculino, Joanna Maranhão disputou a semifinal dos 200 metros medley e não conseguiu avançar à final. A brasileira obteve apenas o 13º tempo, com 2min12s64. O destaque da prova foi a húngara Katinka Hosszú, a mais rápida das semifinais, com 2min06s84.

"Gostei da prova. Acho que errei na parcial do peito. Foi mais erro meu do que cansaço. Nadei em ritmo de 400 metros medley. Minha característica é mais para resistência do que de potência", comentou Joanna, em entrevista ao Sportv, ao fim da prova.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.