Cielo fará estreia nos 50m borboleta, mas se diz focado no 4x100m

Brasileiro vê prova no Mundial em Kazan como bom teste para 2016

Estadão Conteúdo

01 Agosto 2015 | 13h17

Apesar de defender o título mundial nos 50 metros borboleta, Cesar Cielo afirma que sua prioridade neste domingo, no primeiro dia da natação no Mundial de Esportes Aquáticos de Kazan, é o revezamento 4x100 metros livre. O brasileiro vê a prova como um bom teste para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, no próximo ano.

"Vou entrar com tudo nos 50m borboleta, mas o foco do primeiro dia é o revezamento 4x100 m do Brasil porque tem a final à noite e a final dos 50m borboleta é só na terça-feira à noite", explica Cielo, que nadará duas vezes neste domingo.

"O foco desse primeiro dia de provas será testar esse revezamento um ano antes da Olimpíada, mesmo sabendo que ainda não é a linha de chegada e a gente tem uma boa janela de melhora. É um bom primeiro teste para ver se a gente vai bem no ano que vem", afirma o principal nadador da equipe brasileira na Rússia.

Cielo evita projetar metas para as provas que vai nadar. Mas aposta em um bom resultado nos 50m borboleta, sua primeira missão em Kazan, para ganhar confiança. "Para os 50 m livre é esperar os 50 m borboleta, os revezamentos. Os resultados vão dando o tom da semana. É lógico que um bom resultado nos 50 m borboleta daria confiança, alegria e seria muito bom."

Ele também vai competir nos 50 metros livre, sua especialidade, na sexta-feira (eliminatórias) e no sábado (final). Para se preparar para estas provas, Cielo revela que precisou superar uma pequena lesão no ombro durante os treinos. "Foi bem proveitoso o período de treino. Tive uns contratempos de uma pequena lesão. Eu estava sentindo uma dor no ombro, que ainda sinto, mas nada demais", diz o brasileiro, que fez sua preparação em Eindhoven, na Holanda, na companhia do técnico Arílson Silva.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.