CBDA/Site oficial
CBDA/Site oficial

Cielo supera Chierighini e fatura ouro nos 50m livre no Open

Experiente nadador se aproveita da ausência de Bruno Fratus e fica em primeiro no Rio

Estadão Conteúdo

10 de dezembro de 2017 | 00h34

Cesar Cielo foi o grande destaque deste sábado no Torneio Open de Natação, realizado no Rio de Janeiro. Ele venceu a disputa dos 50 metros livre com a marca de 22s03, repetindo a vitória que teve em agosto em José Finkel, e se aproveitando da ausência de Bruno Fratus, que vem dominando a distância na natação nacional.

+ Cielo: 'Se estiver bem, vou tentar disputar os Jogos Olímpicos de 2020'

+ Brasil repete 4º lugar, mas festeja recordes no Mundial Paralímpico de Natação

Cielo superou Marcelo Chierighini por uma vantagem de apenas 0s06. Já Gabriel Santos foi o terceiro colocado, com 22s28, o que deixou o pódio da prova mais rápida da natação com nadadores apenas do Pinheiros. Já Etiene Medeiros venceu a versão feminina dos 50m livre em 25s04.

"Queria nadar para 21, mas vim de uma temporada que não consegui cumprir uma agenda de treinos muito disciplinada. Gosto dessa prova, é a prova que consagrou toda minha carreira. Agora quero descansar um pouco e pensar no ano que vem para ter uma rotina de treinos mais regrada focando no Mundial de curta", disse Cielo.

Além de Cielo, outro destaque deste sábado foi Pedro Carmona, do Pinheiros, que ganhou a disputa dos 100m peito em 59s79. Assim, ele derrotou nadadores bem mais renomados, como Felipe Felipe Lima, do Minas Tênis Clube, que ficou com a prata ao cravar 59s91, e João Gomes Júnior, do Pinheiros, que levou o bronze com 1min00s22.

"Estou desde o começo do ano tentando encaixar os 59s7. Passei um ano sem conseguir nadar na casa dos 59s. Quero treinar para baixar essa marca. O objetivo foi concluído e vou para cima conquistar ainda mais", festejou.

Tudo o que sabemos sobre:
NataçãoCesar Cielo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.