Cielo vai disputar o Maria Lenk por clube de Piracicaba

Medalhista olímpico não assinou contrato porque negociação com patrocinadores ainda não foi concluída

O Estado de S.Paulo

29 de março de 2013 | 02h07

Cesar Cielo vai disputar o Troféu Maria Lenk, no Rio, como atleta do Clube de Campo de Piracicaba - que ele defendeu dos 12 aos 16 anos de idade, antes de se transferir para o Pinheiros.

A informação foi confirmada por Reinaldo Rosa, que foi treinador de Cielo naquele período, e continua como técnico do clube.

O clube pagou as taxas de inscrição na Federação Aquática Paulista. "Existe uma negociação muito bem adiantada para que Cielo assine contrato, mas por ora existe apenas o vínculo para participação no Maria Lenk", afirma Rosa.

O assessor de imprensa da Secretaria de Esporte, Lazer e Atividades Motoras de Piracicaba, Leandro Bolis, nega que a prefeitura vá investir no projeto. "Não privilegiamos nenhuma modalidade. Nossa política é contemplar vários esportes, e contratar Cielo significaria direcionar um valor muito elevado para isso. Não é o perfil da administração do secretário Pedro Mello."

Segundo Rosa, Flávia Cielo, mãe e empresária do nadador, negocia com empresas privadas há mais de dois meses.

Piracicaba se localiza a 27km de Santa Bárbara, e Cielo escolheu a cidade para não se afastar da família. Seus treinos continuarão no Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa, em São Paulo.

Thiago Pereira também tem novo clube. O ex-nadador do Corinthians acertou com o Sesi, que ainda não confirma. Ele está registrado na Federação Aquática Paulista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.