Osvaldo F./Divulgação
Osvaldo F./Divulgação

Cielo vê quatro rivais com chances de vitória nos 50m

Equipe brasileira já treina em Barcelona para o Mundial de Esportes Aquáticos

AE, Agência Estado

24 de julho de 2013 | 14h17

BARCELONA - A equipe brasileira de natação treinou nesta quarta-feira pela primeira vez na piscina de competição do Mundial de Esportes Aquáticos, em Barcelona. Cesar Cielo foi um dos atletas que esteve na estrutura montada no Palau Sant Jordi e aproveitou para falar sobre seus principais concorrentes à medalha de ouro nos 50m livre.

"A piscina é muito boa, rápida e agora é pensar positivo, pegar a onda das maratonas aquáticas e ir pra prova, pois o que tinha que fazer já foi feito" comentou o nadador, que vê pelo menos quatro rivais (o russo Vlad, o australiano Magnussen e os franceses Bousquet e Manadou) para sua prova principal, os 50m livre. Ele avaliou que "qualquer um desses pode vencer. Tomara que minha unha esteja maior do que a deles".

O Mundial começou bem para o Brasil, que já conquistou quatro medalhas até este sexto dia - uma de ouro, duas de prata e uma de bronze -, todas na maratona aquática. Muito mais do que em 2003, há dez anos, quando a competição também aconteceu em Barcelona, mas a equipe brasileira voltou sem medalhas.

Thiago Pereira é remanescente daquela competição e celebrou a volta ao Palau Sant Jordi. "É maravilhoso estar de volta. Foi onde tudo começou. Em 2003 foi meu primeiro ano de seleção absoluta e foi naquele Mundial que consegui meu primeiro índice olímpico, meu primeiro recorde sul-americano. Quando paro pra pensar em tudo o que aconteceu comigo de lá pra cá, me acho um cara abençoado. E pode ser um bom sinal, pois é a medalha que falta em meu currículo", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.