Eric Gaillard/Reuters
Eric Gaillard/Reuters

Cilic desiste e Djokovic vai à semi em Madri; Demoliner sai com lesão de parceiro

Rival do sérvio sairá do duelo entre o suíço Roger Federer e o austríaco Dominic Thiem

Redação, Estadao Conteudo

10 de maio de 2019 | 10h38

Sem entrar em quadra, o sérvio Novak Djokovic avançou nesta sexta-feira às semifinais do Masters 1000 de Madri, disputado em quadras de saibro na Espanha. Seu adversário, o croata Marin Cilic, sofreu uma intoxicação alimentar e desistiu da competição. "Tive uma noite terrível lidando com uma intoxicação alimentar. Estou muito desapontado de terminar minha participação em Madri desta maneira", escreveu o número 11 do mundo em seu Twitter.

Esta é a primeira semifinal do atual líder do ranking da ATP em torneios de nível Masters 1000 desta temporada, depois de campanhas fracas nas quadras rápidas de Indian Wells e de Miami, nos Estados Unidos, e no saibro de Montecarlo. Seu rival neste sábado sairá do duelo entre o suíço Roger Federer e o austríaco Dominic Thiem. Na quinta-feira, pelas oitavas, derrotou o francês Jeremy Chardy.

Este seria o 20.º duelo entre o número 1 do mundo e Cilic, em um histórico amplamente dominado por Djokovic, que venceu 17 vezes. O croata, no entanto, venceu dois dos cinco jogos mais recentes. Em Madri, jogou três vezes e em todas precisou de três sets para passar pelo eslovaco Martin Klizan, pelo alemão Jan-Lennard Struff e pelo sérvio Laslo Djere.

Campeão duas vezes na Caixa Mágica, local dos jogos da competição em Madri, em 2011 e 2016, Djokovic disputará a sua 62.ª semifinal de nível Masters 1000 na carreira.

Duplas 

O mesmo destino de Cilic teve o brasileiro Marcelo Demoliner na chave de duplas. Classificado às quartas de final, o tenista gaúcho teve de desistir do torneio por causa da lesão muscular sofrida pelo seu parceiro, o russo Daniil Medvedev. Os dois disputariam nesta sexta-feira uma vaga nas semifinais contra o romeno Horia Tecau e o holandês Julien Rojer.

Demoliner soma duas quartas de final de Masters 1000 seguidas, ambas com Medvedev, e final no ATP 250 de Munique, na Alemanha, com o indiano Divij Sharan - perderam para o dinamarquês Frederik Nielsen e o alemão Tim Puetz.

Com a eliminação de Demoliner, o Brasil encerra a sua participação em Madri, já que os mineiros Bruno Soares e Marcelo Melo, com seus habituais parceiros na chave de duplas, também caíram nas quartas de final.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.