Eric Gaillard/Reuters
Eric Gaillard/Reuters

Cilic desiste e Djokovic vai à semi em Madri; Demoliner sai com lesão de parceiro

Rival do sérvio sairá do duelo entre o suíço Roger Federer e o austríaco Dominic Thiem

Redação, Estadao Conteudo

10 de maio de 2019 | 10h38

Sem entrar em quadra, o sérvio Novak Djokovic avançou nesta sexta-feira às semifinais do Masters 1000 de Madri, disputado em quadras de saibro na Espanha. Seu adversário, o croata Marin Cilic, sofreu uma intoxicação alimentar e desistiu da competição. "Tive uma noite terrível lidando com uma intoxicação alimentar. Estou muito desapontado de terminar minha participação em Madri desta maneira", escreveu o número 11 do mundo em seu Twitter.

Esta é a primeira semifinal do atual líder do ranking da ATP em torneios de nível Masters 1000 desta temporada, depois de campanhas fracas nas quadras rápidas de Indian Wells e de Miami, nos Estados Unidos, e no saibro de Montecarlo. Seu rival neste sábado sairá do duelo entre o suíço Roger Federer e o austríaco Dominic Thiem. Na quinta-feira, pelas oitavas, derrotou o francês Jeremy Chardy.

Este seria o 20.º duelo entre o número 1 do mundo e Cilic, em um histórico amplamente dominado por Djokovic, que venceu 17 vezes. O croata, no entanto, venceu dois dos cinco jogos mais recentes. Em Madri, jogou três vezes e em todas precisou de três sets para passar pelo eslovaco Martin Klizan, pelo alemão Jan-Lennard Struff e pelo sérvio Laslo Djere.

Campeão duas vezes na Caixa Mágica, local dos jogos da competição em Madri, em 2011 e 2016, Djokovic disputará a sua 62.ª semifinal de nível Masters 1000 na carreira.

Duplas 

O mesmo destino de Cilic teve o brasileiro Marcelo Demoliner na chave de duplas. Classificado às quartas de final, o tenista gaúcho teve de desistir do torneio por causa da lesão muscular sofrida pelo seu parceiro, o russo Daniil Medvedev. Os dois disputariam nesta sexta-feira uma vaga nas semifinais contra o romeno Horia Tecau e o holandês Julien Rojer.

Demoliner soma duas quartas de final de Masters 1000 seguidas, ambas com Medvedev, e final no ATP 250 de Munique, na Alemanha, com o indiano Divij Sharan - perderam para o dinamarquês Frederik Nielsen e o alemão Tim Puetz.

Com a eliminação de Demoliner, o Brasil encerra a sua participação em Madri, já que os mineiros Bruno Soares e Marcelo Melo, com seus habituais parceiros na chave de duplas, também caíram nas quartas de final.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.