Clássico é a final antecipada, sim. Sem chance aos pequenos

Historicamente o Campeonato Paulista não apresenta zebras em suas decisões. Conta-se nos dedos de uma mão as surpresas registradas em 108 anos de disputa. Desta vez, não será diferente. O campeão paulista sairá do confronto entre Santos e São Paulo. Santo André e Grêmio Prudente já fizeram mais do que deles se esperava. Ficaram com as vagas do desinteressado Corinthians e do incompetente Palmeiras, mas não mostram força para superar nem o futebol vistoso da equipe de Vila Belmiro nem o elenco volumoso do Morumbi.

Opinião: Wilson Baldini Jr., O Estado de S.Paulo

11 de abril de 2010 | 00h00

Alguns podem lembrar que a vantagem de jogar por dois empates pode ser um fator a ser levado em conta para os times menores, caso o São Paulo (quarto colocado) elimine o Santos. Aí o segundo jogo ficaria fora do Morumbi. E daí? Cerca de 95% do estádio seria são-paulino e qual seria a desvantagem dos comandados de Ricardo Gomes de jogar no campo do rival?

No ano passado, o terceiro colocado (Corinthians) e o quarto (Santos) disputaram a final. Mas era briga de "cachorro grande". Qualquer um poderia ganhar. Por isso, esse negócio de o São Paulo ter perdido todos os clássicos não deve ser levado em conta nesta decisão. Já o fato de o Santo André ter naufragado diante dos dois semifinalistas grandes (1 a 3 para o São Paulo e 1 a 2 para o Santos), em casa, é uma tendência de que o time do ABC não apresenta nada de especial a ponto de se tornar uma surpresa. A pressão agora será muito maior.

Da mesma forma que existe a certeza de que o campeão sairá do clássico Sansão, existe a dúvida de quem passará para a final. Não há favorito. Vai ser difícil para Rogério Ceni e cia. segurar o entusiasmo dos Meninos da Vila - liderados por Robinho -, com seus mais de três gols por jogo. Já o Tricolor demonstrou nos últimos jogos ter encontrado um esquema tático consistente. Qualquer um que ganhe será justo e esperado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.