Clássico faz girar a bola e os negócios

Real e Barcelona têm as maiores receitas do futebol mundial. Juntos, rivais movimentam R$ 1,8 bilhão por ano

, O Estado de S.Paulo

10 de abril de 2010 | 00h00

Para muita gente, Real Madrid x Barcelona é o maior clássico entre clubes do mundo. E alguns números ajudam essa argumentação. Trata-se, por exemplo, do confronto entre as duas maiores receitas do futebol. Na temporada 2008/09, o time da capital arrecadou 401,4 milhões (R$ 955 milhões), seguido de perto pelos catalães, com 365,9 milhões (R$ 870 milhões), totalizando 767,3 milhões (R$ 1,8 bilhão).

Com esses números, os rivais representam mais do que a metade do faturamento da Liga Espanhola. De acordo com análise financeira realizada pela Crowe Horwath RCS, estima-se que na temporada 2012/13 Real e Barça sejam responsáveis por 0,1% do Produto Interno Bruto (PIB) espanhol. Isso quer dizer que a cada 1 mil que circula pela economia local, 1 estará diretamente relacionado aos dois maiores clubes do país.

O orçamento das duas potências espanholas traz mais curiosidades. As folhas de pagamento, somadas, chegam a 391, 8 milhões/ano, ou seja, 16, 4 milhões (R$ 39 milhões), em média, por mês para cada um. Isso sem contar direitos de imagem. No Brasil, o valor total de salários pagos pelos principais clubes, casos de Corinthians, Flamengo e São Paulo é de, aproximadamente, R$ 5 milhões/mês.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.