Clássico ganha peso que São Paulo queria evitar

Clássico ganha peso que São Paulo queria evitar

Derrota para o time do Bragantino torna partida contra o Corinthians[br]fundamental na luta pela vaga na semifinal

Giuliander Carpes, O Estadao de S.Paulo

26 de março de 2010 | 00h00

O alerta foi aceso no Morumbi. O time do São Paulo, que vinha evoluindo, teve uma noite para esquecer diante do Bragantino (derrota por 1 a 0) anteontem. De quebra, colocou em risco uma classificação que se encaminhava fácil às semifinais do Paulista e ainda precisa confirmar boa campanha na Libertadores, a prioridade da temporada.

"Já jogamos pior", tenta conformar-se o vice-presidente de futebol Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco. "O resultado só não foi tão ruim em função das circunstâncias (o Corinthians também perdeu), mas poderia ter sido bem melhor."

Patrocínio avulso. O São Paulo deve fechar acordo de patrocínio avulso nas camisas para os dois próximos jogos, com o Corinthians e o Monterrey. A ideia da direção, contudo, é só firmar negócio com novo patrocinador para o resto da temporada no final de abril ou no início de maio, quando estima já ter vendido 250 mil camisas "limpas".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.